Dicas

Sua Clínica de confiança. Sua loja de estimação.

Na seção dicas você encntrará informações importantes para o bem estar do seu pet.


mala-gatos
publicado em: MARÇO/2018

Imunodeficiência felina(Aids Felina)

Esta doença insidiosa ocorre nos gatos domésticos e é causada por um retrovirus da mesma família dos lentivírus que causam a imunodeficiência ou AIDS no ser humano, daí a semalhança no nome. E as semelhanças não param por aí, a infecção destrói a função do sistema imune gerando infecções secundárias oportunistas que num gato saudável não causariam mal algum, mas num gato com FIV ( virus da imunodeficiência felina ) provocam doenças. Os felinos adquirem esta doença geralmente através de ferimentos por mordedura de um gato infectado, portanto gatos machos e fêmeas que tem acesso à rua, não castrados estão mais predispostos devido ao comportamento sexual da espécie. 
Vários sistemas podem ser acometidos como sinais da imunossupressão que o virus provoca, tais como inflamação crônica das gengivas, rinite, conjuntivite, infecções oculares, diarréia persistente, infecções crônicas do ouvido e pele,glaucoma, alterações neurológicas etc. 
Porém nem todo gato que apresente algumas destas manifestações clínicas está com imunodeficiência. Tudo irá depender do histórico detalhado e diagnóstico adequado. 
O diagnóstico é feito através de testes laboratoriais sorologicos que detectam anticorpos contra o FIV. 
Infelizmente não existe tratamento que cure esta doença apenas medicamentos que melhoram a resposta imune (imunomoduladores), além do tratamento das infecções intercorrentes. 
Portanto a melhor estratégia é a prevenção, ou seja: 
- adquira animais de criatórios idôneos 
- vacine-os e faça consultas regulares ao veterinário 
-se não houver intenção de reprodução, esterilize seu animal para evitar que ele saia tanto à rua.Se for colocá-lo para reprodução realize o teste para detecção de FIV e FELV para ter certeza de que ele não é um portador da doença
-se o seu animal for positivo, não se desespere, pois gatos convivem com esta terrivel doença por anos sem sintomas, porém cabe a você evitar a disseminação da doença pelo seu bichano, não permitindo que ele tenha contato com outros gatos, ou seja mantendo-o dentro de casa 
A imunodeficiência felina não é transmissível ao ser humano, portanto pode abraçar seu gato à vontade, afinal de contas carinho nunca é demais ...faz bem aos dois!
 voltar